gravando disco nôôôôôvo <3
e noixxx fritaaaaa.

passei uma boa parte da minha vida buscando a aprovação do outro.
fosse na escola, em casa, na rua, nos grupos e também dos meus namorados.
ansiava por aquele olhar de atenção, aquela aprovação, aquele elogio que te diz:
sim, você é legal e maravilhosa.
o problema é que eu dependia do outro pra saber de mim.
a minha auto-relação, o meu ‘namoro comigo mesma’ não existia.
todo mundo tem uma opinião sobre você e a gente está sempre
mais interessado nelas do que na sua própria opinião sobre você mesmo.
daí um dia, eu resolvi despertar.
resolvi fazer uma pequenina e gigantesca revolução.
comecei a meditar todo dia.
no começo, eram apenas 05 minutos.
hoje, facilmente uma hora.
e foi na voz do silêncio, que eu encontrei a paz.
a paz de saber que não dependo nem do outro,
nem da sociedade, nem de ninguém, para saber que, sim, eu sou massa.
que escolho ser o que sou na essência.
e que eu escolho me ver.
enxergar a minha grande beleza.
a da alma.
escolho ficar sozinha e tudo bem.
afinal, eu não estou sozinha.
estou comigo mesma.
e esse é o relacionamento mais verdadeiro, duradouro
e cem por cento da sua vida.
namoradxs trazem aprendizados, trocas.
mas quando a gente se apaixona, começa perigosamente
a depender daquela relação pra ser feliz.
começa a depender do outro novamente.
pois eu sinto hoje que é só quando não dependemos de ninguém,
apenas de nós mesmos para sermos felizes é que alguém
verdadeiramente especial pode aparecer na sua vida.
a sua completude consigo mesmo vai brilhar e alcançar muitos corações.
e um dia, quando você menos esperar, quando você
tiver a certeza de que você merece o melhor nessa vida,
um alguém muito muito muito especial vai se aproximar.
e vai ser foda.
e muito incrível.
mas só porque você entendeu que merece isso.
então, você vai se namorar.
você vai se convidar pra sair e dizer pra você
mesma o quanto você é legal e especial.
e coisas incríveis acontecerão.
experimentê.
é mágico.
feliz dia do amor por si mesmo, pessoal. <3

um rolê na vidalôka cantando <3333
obrigada a cada pessoinha que vai num show,
que gasta uns trôco num disco ou que interage
cum noixxx nas redes, na vida.
sou muito privilegiada por receber tamanho
carinho e sinto que minha responsabilidade
é devolver tudo isso com muito amor no peito,
tentando estar à altura do som que vocês esperam!
muito obrigada gentêêê ! ! !

Foto: Jorge Bispo

 

 

quando xs amigxs vêm aqui em casa,
sempre pedem para ver meu armário.
eheheh.
sim, é verdade.
e isso aê da foto acima é tudo o que eu tenho de roupa.
ao longo da vida, fui aprendendo a desapegar.
fui percebendo que a gente precisa de muito pouco
pra ser feliz.
quer dizer…
pouco não.
mas preciosas ‘coisas’.
as verdadeiras e atemporais.
como amor, respeito, carinho, amizade, reciprocidade,
querer bem, idéias, abraços, vibrações e pensamentos positivos.
é claro que já tive a fase acumuladora também.
na primeira vez em que ganhei um trôco na vida, saí comprando
um montão de roupas.
e bem caras.
eu, que tinha saído de casa cedo, ainda menina, batalhado
a vida trampando nos bares, nas lojas, nos supermercados
oferencendo amostra grátis, vendido coxinha e servido café
no espaço unibanco, também trampei vestida de abelha
em buffet infantil, dando banho em cachorro,
entre muitas outras situações.
então, fazia sentido que, por um momento,
eu me entupisse de roupas, sapatos, bijouterias
e um sofá dos sonhos (que tenho até hoje, todim
rasgado pelos meus gatos).
mas a verdade é que quanto mais eu despertava
pra real da alma, mais aquele montão de roupa parada
não fazia sentido.
eu mal usava tudo aquilo.
me dei conta de que eu comprava, gastava tudo
que tinha e depois a peça ficava lá, mofando no armário.
com o passar dos anos, fui dando tudo.
peça por peça, uma por uma.
e hoje o que me resta é um montinho de roupitchas
que âmo e uso à vera.
sou bem feliz assim, com as minhas batinhas surradas,
calças véias e camisetinhas vibez.
isso também não é uma crítica à quem curte acumular.
tudo é aprendizado.
desapegar não é se desfazer das coisas,
mas não permitir que elas te possuam.
com o mundão do avesso, onde 06 pessoas
possuem a mesma renda de 100 milhões de
seres humanos, faz sentido pra mim ter pouco
e dar quase tudo.
faz sentido pra mim ter apenas o que uso de verdade.
faz sentido pra mim, amar.
cada um encontra a sua maneira e essa foi a minha.
e com esse frio bizarro que tá fazendo por aqui,
se você tiver alguma blusinha ou casaco sobrando,
considere doá-los.
alguém vai usar bastante e ser grato eternamente.
considere agasalhar o coração. <3

orgulho imenso e alegria em fazer parte dessa história!
elas são o primeiro mandato coletivo 100% feminino em SP a se candidatar ao cargo de deputada estadual e “RESPEITA” será o tema musical da campanha delas.
trazer representatividade feminina para o legislativo de SP e políticas públicas para as mulheres é a principal bandeira.
educação integral, creche noturna, clínica da mulher, clínica da criança, acessibilidade, economia criativa, empreendedorismo, equidade e respeito entre os gêneros, proteção aos animais, sustentabilidade ambiental e social são parte integrante dos projetos que serão apresentados pelo coletivo.
representa noixxx, sim ou muito?
todas são humanistas, educadoras em sua maioria e defensoras da justiça social e de uma nova economia sustentável.
tâmo junto mânas.
>>> @mandatocoletivofeminino
meu voto é de vocês <3